Utilizada durante a década de 70, no combate ao estrabismo, a toxina botulínica começou a ser aplicada para fins estéticos, pois um de seus efeitos colaterais era a fixação dos músculos e a consequente eliminação das rugas.

Resultado de repetidas contrações musculares, que hipertrofiam e aumentam a tonicidade do músculo, as rugas podem ser amenizadas com a paralisação dos movimentos de determinada região. Assim, a toxina botulínica mantém a pele esticada e sem marcas.

A aplicação da toxina botulínica deve ser feita por profissional especializado, uma vez que seus efeitos paralisantes podem ter sérias consequências quando o Botox® não é utilizado corretamente. O efeito antirrugas da toxina botulínica dura aproximadamente de 4 a 6 meses. O procedimento estético é minimamente invasivo, o que facilita as sessões de manutenção.