A Radiofrequência é um aparelho  que emite radiação eletromagnética de alta frequência, promovendo a melhora da celulite, das gorduras localizadas e da flacidez. Também é recomendado para o rejuvenescimento da face (flacidez e elasticidade da pele). Ele atua favorecendo a formação de um novo colágeno, através da produção de um grande aquecimento na área tratada.

Suas ondas eletromagnéticas provocam oscilação das moléculas de água, que transformam a energia eletromagnética em energia térmica. O calor intenso, através de um aquecimento volumétrico controlado, atua em todos os tecidos que contêm moléculas de água, independente de sua condutividade (a gordura se aquece mais rápido que a pele que a recobre). Tem, assim, ação estimulante específica, promovendo o enrijecimento.

Os resultados podem ser visto após poucas sessões. O número total de sessões dependerá do objetivo a ser alcançado, do grau do problema a ser tratado e de uma resposta individual de cada paciente. Em média, são recomendadas 10 sessões.

Indicações clínicas:

  • Celulite
  • Redução de gordura
  • Enrijecimento
  • Remodelação corporal
  • Rejuvenescimento
  • Tratamento pós-lipoaspiração

Cada sessão vai depender do tamanho da área a ser tratada. Podem-se associar outros tratamentos em paralelo, como: reeducação alimentar, carboxiterapia e a intradermoterapia.

Após o tratamento, a área apresentará uma leve vermelhidão que desaparecerá em pouco tempo. O paciente pode retornar às atividades normais logo após o procedimento. Os resultados da Radio Frequência são rápidos e progressivos, e se mantêm por um longo período, variando de pessoa para pessoa

Contraindicações:

  • Doenças ativas do colágeno
  • Doença cardíaca severa
  • Marca-passo ou cardioversor / desfibrilador automático
  • Qualquer aparelho eletrônico implantado
  • Gestação
  • Rosácea ativa
  • Abscesso dental