Até pouco tempo atrás, somente a cirurgia era capaz de resolver a incontinência urinária, exigindo repouso ou até mesmo a inserção de fitas (slings). Com a chegada do Erbium Fotona, as aplicações são feitas em regime ambulatorial, sem desconforto, sem cortes e sem sangramentos, com rápida recuperação e reinício de atividades sexuais. O procedimento a laser tem resultados com índices de 86% de aprovação das pacientes.

O Erbium Fotona é um tratamento a laser não ablativo (não queima), fracionado, que é colocado dentro da vagina por uma ponteira especial, que emite uma luz que estimula a parede, melhorando a hidratação e também a formação do colágeno. O tratamento clínico procura reabilitar as estruturas do assoalho pélvico e tem como vantagem o baixo índice de complicações e, como ganho secundário, a melhora no desempenho sexual da mulher.