O envelhecimento provoca mudanças indesejáveis no nosso corpo. Uma delas, não muito falada mas que causa desconforto em muitas pessoas – especialmente nas mulheres–, é a que ocorre no lóbulo das orelhas. Com o passar dos anos, essa região tende a ficar flácida e sem volume. O lóbulo logo aparenta estar murcho e, com o uso de brincos pesados, a chance de o problema se agravar é ainda maior.

Segundo a dermatologista Paula Chicralla, “isso ocorre porque, com o envelhecimento, há uma mudança na composição do tecido conjuntivo e gorduroso que preenche o lóbulo da orelha. A pele perde a elasticidade, e o lóbulo tende a distender e a perder volume”, explica. Em alguns casos, o lóbulo é tão frágil que o orifício do brinco se rompe completamente. Nesse caso, a cirurgia é indicada, pois ela repara o lóbulo partido.

No entanto, para o lóbulo flácido e com falta de volume, o preenchimento é o melhor procedimento para reverter o problema. Os preenchedores à base de ácido hialurônico, que é um componente natural da pele, são os mais utilizados atualmente. Quando aplicado, o ácido preenche e estica a pele, devolvendo volume e elasticidade ao lóbulo. O tratamento é simples e indolor, e pode ser realizado no consultório. Os resultados são visíveis logo após o procedimento.